Cuidados com os alimentos na gravidez

A gente sempre escuta falar que gravidez não é doença, e não é mesmo!

Mas é uma coisa que a gestante deve sempre evitar, ficar doente.

Algumas coisas são possíveis controlar, outras nem tanto. Mas o que tiver ao alcance da futura mãe tenho certeza que ela irá fazer para minimizar as possibilidades de adquirir algum problema de saúde durante a gestação.

Um problema comum que nem sempre a gestante leva em conta é a possibilidade de ter uma infecção alimentar, o que é ruim para mãe e pode ser transmitida ao bebê.

Alguns cuidados se tornam necessários em toda alimentação, seja da gestante ou não. Mas no período da gravidez estes cuidados devem ser redobrados. Afinal, serão apenas 9 meses de pequeno sacrifício para você, mas de grande ajuda ao bebê.

Cuidados especiais com alimentos crus. Carnes (boi e porco), peixes e frutos do mar, bem como aves cruas ou mal cozidas devem ser riscados da dieta da gestante.

Ovos também podem entrar nesta lista.Não se esqueça que existem alimentos que contém ovos crus ou mal cozidos que a gente as vezes esquece deles, como: mousse tradicional, chantili, maionese caseira etc.    ovo

O leite e derivados é uma ótima fonte de cálcio e deve ser consumido pela gestante, mas cuidado com os derivados não pasteurizados, estes podem causar infecção alimentar. Os produtos pasteurizados são aqueles que passam por um processo industrial onde primeiro expõe  o produto a altas temperaturas e em seguida resfria-o rapidamente. Este procedimento elimina todos os microorganismos, inclusive bactérias que possam existir no leite. Portanto, gestante não consuma leite que veio direto da vaca, prefira os industrializados mesmo.

Procure utilizar na cozinha ingredientes frescos, evitando assim os conservantes, aromatizantes, corantes e aditivos usados na alimentação industrializada. Os adoçantes devem ser utilizados com cautela, se você não for diabética o melhor mesmo é controlar o consumo de açúcar e evitar o uso indiscriminado deste produto.

Ao utilizar produtos industrializados cheque sempre a data de validade, e procure os que foram fabricados mais recentemente. E nunca levar para casa produtos cujas embalagens estejam danificadas, latas estufadas ou amassadas.

E sempre lavar as mãos antes de manusear os alimentos, bem como você deve lavar bem as frutas, verduras e legumes. Deixe-os de molho em vinagre e água ou naqueles desinfetantes próprios para alimentos, por alguns minutos, lave-os novamente e está pronto para o consumo. Estes desinfetantes são vendidos em supermercados ou em varejões de hortifrutis.

O café pode ser consumido de forma moderada, bem como os refrigerantes. Na verdade este último eu tiraria da minha dieta, pois além de ser muito gasoso não traz benefício nutricional para ninguém. Minha nutricionista não recomenda nem para as não grávidas. Ah, e se for inevitável, tome os refrigerantes normais, aqueles que não são ligths.

Hoje em dia é muito comum as mulheres gestantes procurarem uma nutricionista para montarem uma dieta própria para elas, mas se este não for o seu caso, procure fazer uma dieta balanceada, variando os alimentos, pois melhor do que comer mais é comer MELHOR!


Deixe uma Resposta